CRCAL realiza Curso de Arrecadação, Gastos e Prestação de Contas Eleitorais em Maceió

Professora Rita Gonçalves ministrou

Por Hannah Copertino
Comunicação CRCAL

Os profissionais da Contabilidade que atuam com prestação de contas eleitorais tiveram uma ótima oportunidade para atualizar o conhecimento com o Curso Arrecadação, Gastos e Prestação de Contas Eleitorais 2018 – Legislação Aplicada à Prática das Contas de Campanhas Eleitorais, ministrado pela Professora Rita Gonçalves, Especialista em Prestação de Contas Eleitorais e Partidárias, nesta segunda-feira (09/07), no Maceió Mar Hotel. O evento foi promovido pelo CRCAL.

No conteúdo, a professora Rita Gonçalves orientou aos alunos sobre assuntos como, por exemplo, legislação aplicável, limites de gastos, contas, prazos, doações, financiamento partidário, fundos, sobras, prestação de contas e penalidades. Os participantes puderam tirar todas as dúvidas referentes aos temas abordados.

A professora Rita Gonçalves reforçou a necessidade de os profissionais atualizarem o conhecimento na área. “Primeiro, a importância é ter um órgão, neste caso, o CRCAL, que proporciona aos seus associados saber como funciona e quais são as regras das contas eleitorais, isso é fantástico. Teve uma reforma política e muita coisa mudou, novas fontes de financiamento com muitos recursos públicos serão utilizados na campanha. Então, se vai ter mais recurso público, terá mais fiscalização”, afirmou a professora.

A professora também destacou que, além do conhecimento, o curso ajuda a garantir a lisura da campanha ao ser realizada corretamente. “O fato das pessoas estarem aprendendo o que é o correto vai fazer com que elas não tenham problemas e que o resultado dos candidatos nas urnas não se perca nos tribunais porque, às vezes, o candidato ganha as eleições, mas perde por causa de irregularidade cometida não por má fé, por desconhecimento da legislação”, disse Rita Gonçalves.

Ela falou ainda sobre as novidades deste ano. “Tem muita mudança este ano. Com a reforma, tem agora financiamento coletivo; fundo especial de financiamento das campanhas, que são quase dois bilhões a serem distribuídos entre todos os partidos de um fundo público; tem mudança na propaganda; no registro; em várias etapas da prestação de contas, que agora é online porque a medida que cada recurso entra na conta bancária do candidato tem que transmitir ao TSE. Os contadores têm que estar atentos porque a campanha do candidato está nas mãos do preparo desses profissionais, além do advogado. Este é o momento de tirar dúvidas porque são 45 dias, onde tudo acontece muito rápido”, explicou.

Os participantes também enalteceram a importância do evento. “O curso tem todas as instruções que vamos precisar para trabalhar na campanha. A professora é ótima e o material didático muito bom! Tirei todas as dúvidas aqui, mas trocamos contato entre a turma, caso apareça alguma outra dúvida durante a campanha, contou a profissional da área financeira, Ivana Buarque.

Para a Contadora Ivane Anastácio, participar do curso foi muito produtivo. “Eu trabalho com contabilização de partidos eleitorais. Para mim, é uma oportunidade interessante e mais um aprendizado. Vou levar o conhecimento que obtive aqui para os meus companheiros de Contabilidade. O curso é muito importante e a professora muito boa”, finalizou a Contadora.