Notícias

Dia Internacional do Voluntariado: PVCC estende práticas ao meio digital2 minutos de leitura

Por Amanda Oliveira
Comunicação CFC

Dedicar tempo e talento para causas comunitárias. Esse é o papel desempenhado por inúmeros voluntários ao redor do mundo. Para celebrar o trabalho dessas pessoas e o seu poder de transformação na sociedade, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) criou, em 1985, o Dia Internacional do Voluntário. Desde então, a data passou a ser comemorada no dia 5 de dezembro.

No Brasil, dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelam que 6,9 milhões de pessoas a partir de 14 anos realizaram algum tipo de trabalho voluntário em 2019. O índice de engajamento também é expressivo em um projeto criado pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Com mais de uma década de história, o Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC) busca estimular a prática cidadã e o espírito de responsabilidade social entre os profissionais da contabilidade. Ao todo, são mais de 8 mil contadores que contribuem com o seu conhecimento técnico para a construção de uma sociedade mais pacífica, democrática e sustentável.

Em 2020, o PVCC precisou adaptar suas práticas para atender às demandas geradas pela pandemia do novo coronavírus. Segundo o coordenador do programa, Elias Dib Caddah Neto, a impossibilidade de manter contato físico indicou novas formas de ajudar o próximo. “Este ano foi muito desafiador. Todos nós fomos pegos de surpresa com um período tão longo de isolamento social. Assim como em outros setores, o trabalho dos voluntários teve que ser reinventado. Continuamos a exercer nosso compromisso, mas em outra modalidade. Nossas ações passaram a se concentrar no ambiente virtual”, ressaltou.

O projeto é composto por quatro subprogramas: Rede Nacional de Cidadania Fiscal; Educação Financeira; Doações ao Funcriança e Fundo do Idoso; e ações locais de voluntariado. Com a crise de saúde pública, os contadores voluntários realizaram lives solidárias para fortalecer a iniciativa de destinação do imposto de renda para projetos sociais. No caso das doações, foram realizadas parcerias com instituições para que os alimentos arrecadados pudessem ser entregues aos mais vulneráveis. Além disso, houve a fabricação de máscaras para pessoas carentes e distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais da área da saúde e hospitais.

“Como atuamos mais significativamente no meio digital, ampliamos o público e o engajamento cresceu proporcionalmente. Conseguimos levar o acolhimento, mas de uma forma diferente. Diante todas as dificuldades, imagino que nossa prática foi fortalecida. Com certeza, a classe contábil saiu de tudo isso mais encorajada e solidária porque conseguiu mobilizar a própria categoria e uma parcela considerável da sociedade”, afirmou.

Para mais informações, acesse o portal do Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC) clicando aqui.