Notícias

CFC e Sebrae discutem medidas para intensificar a parceria ao desenvolvimento das micro e pequenas empresas

Por Rafaella Feliciano
Comunicação CFC

O presidente do Conselho Federal de Contabilidade, Zulmir Breda, acompanhado do vice-presidente de Política Institucional, Joaquim Bezerra, participaram, nesta quinta-feira (24), de uma audiência com o novo diretor-presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), João Henrique de Almeida Sousa. As duas entidades, parceiras há vários anos, buscam, agora, novas ações conjuntas para fomentar o desenvolvimento sustentável das empresas brasileiras e, assim, colaborar com a retomada do crescimento econômico do País.

Segundo o presidente do CFC, Zulmir Breda, umas das preocupações da classe contábil é com a falência precoce das micro e pequenas empresas no País que, de acordo com dados do próprio Sebrae, acabam fechando as portas com menos de cinco anos de atuação. Segundo ele, a gestão deficiente do negócio pode ser evitada com o auxílio do profissional da contabilidade. “O contador pode assessorar o empresário desde o momento da constituição da empresa, quanto a melhor forma de tributação e, principalmente no uso das ferramentas de gestão, auxiliando no bom desempenho”, ressaltou.  Para isso, o CFC propôs a renovação do acordo de cooperação técnica entre as instituições proporcionando atividades conjuntas em todo o País.

Nesse sentido, o vice-presidente de Política Institucional do Conselho, Joaquim Bezerra, complementou informando que o objetivo é buscar ações onde os profissionais da contabilidade possam trabalhar, em parceria com o Sebrae, na capacitação dos empresários para a melhoria da gestão. “Nós temos profissionais da contabilidade em todos os municípios brasileiros e queremos ajudar na redução do índice de mortalidade das micro e pequenas empresas ,segmento que é tão importante para o desenvolvimento econômico e social do nosso País”, disse.

O diretor-presidente do Sebrae, João Henrique de Almeida Sousa, agradeceu a iniciativa do CFC , disse que pretende contar com a classe contábil em seu mandato e garantiu que levará o assunto para o conselho deliberativo da entidade.

Entre as principais metas da nova gestão do Sebrae, João Henrique anunciou que estuda a possibilidade de lançar o “Sebrae Cred”, um programa que visa financiar projetos de pequeno e médio empreendedores do País. “Além de problemas com a gestão dos negócios, é visível que existem problemas com o crédito também. Queremos uma instituição financeira específica para auxiliar os empreendedores e seus projetos”, explicou.