DestaquesNotícias

Retrospectiva 2018: lançamento do livro A História da Contabilidade em Alagoas contribui com a profissão no estado

Autores Anderson Barros e Fabrícia Gonçalves deixam importante fonte de pesquisa

Por Hannah Copertino

Comunicação CRCAL

O ano de 2018 foi marcado por um importante avanço também na área acadêmica da Contabilidade com o lançamento do livro A História da Contabilidade em Alagoas, do Conselheiro do CRCAL, Contador e Professor Anderson Barros e da Contadora e Professora Fabrícia Gonçalves.

Lançado no mês de maio, durante a solenidade de criação do Projeto Abraçando o Controle Social, o livro foi entregue gratuitamente a contadores e estudantes em uma noite de autógrafos, no Parque Shopping Maceió, em junho.

Na ocasião, os autores contaram que a ideia do livro surgiu em 2016 quando viram o concurso nacional do Conselho Federal de Contabilidade que estava selecionando trabalhos sobre a história da Contabilidade no país.  “Fizemos um artigo, mandamos e o nosso trabalho que foi aprovado para representar Alagoas no 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade. Nós começamos a pesquisa junto ao Conselho, faculdades e entidades da Classe Contábil e percebemos a riqueza que existia na história”, explicou Anderson Barros.

Após o Congresso, que resultou na publicação de um livro em que cada estado teve um capítulo, surgiu a motivação para ampliar o artigo e produzir A História da Contabilidade em Alagoas. “Nós tínhamos muito material, dados que não foram usados no artigo, para trabalhar o livro. Fizemos um resgate da história até os dias atuais”, contou Fabrícia Gonçalves.

Arquivos do CRCAL contribuíram bastante para a pesquisa dos autores e, consequentemente, para a produção do livro. “Pesquisamos os livros de registros de todos os profissionais contábeis de Alagoas, você vê a assinatura de todos os colegas Contadores do estado, no CRCAL”, complementou Anderson.

Funcionários também colaboraram. “A Diretora Executiva do CRCAL, Selma Araújo, foi fundamental. Quando víamos as fotografias, ela lembrava quem era a pessoa, cargo, o ano e a ocasião. Pesquisamos para confirmar os dados e estavam certos. Aproveitamos a experiência e a memória da Selma e colocamos até como curiosidade no livro que ela é a funcionária mais antiga do Sistema CFC/CRCs no Brasil. Sem uma pessoa como a Selma, com o zelo que ela tem, poderíamos ter perdido essas informações”, afirma Anderson.

O livro A História da Contabilidade em Alagoas foi concluído em 2017 e seu lançamento, durante o evento que apresentou o projeto Abraçando o Controle Social, no dia 29/05, em Maceió, fez uma homenagem aos 70 anos do Conselho. Com vasto e rico material histórico nas mãos, os autores não descartam a possibilidade em ampliar a publicação.

“É a realização de um sonho. Nos conhecemos como professores. Do ambiente profissional, ficamos amigos. Quando a gente começa a ensinar e trabalhar com pesquisa, poder lançar um livro e uma obra que está iniciando um campo que pode trazer mais resultados e que outros estados podem fazer também, é muito gratificante”, revelou Fabrícia.

“Não era algo cansativo, cada dia a gente ia descobrindo alguma informação nova, e poder escrever sobre a nossa profissão, no nosso estado, e com curiosidades, como, por exemplo, Graciliano Ramos, que é tão conhecido pelas obras literárias, e descobrirmos o zelo que ele tinha na transparência dos recursos públicos, mesmo não sendo contador, mas usava as técnicas da Contabilidade para prestar contas no serviço público, e também relatar várias personalidades marcantes, como no caso da Maria Clara Cavalcante Bugarim, que é um ícone pra gente, é muito gratificante fazer esse registro histórico”, concluiu Anderson.

A História da Contabilidade em Alagoas contou com o apoio do CRCAL, da ABRACICON e da FBC. O livro foi entregue gratuitamente a profissionais da Contabilidade, estudantes da área e entidades da classe Contábil.