Notícias

Autoridades celebram os 75 anos do CFC/CRCs7 minutos de leitura

Por Ingrid Castilho
Comunica CFC

O aniversário de 75 anos do Sistema CFC/CRCs, celebrado nesta quinta-feira (27), foi marcado pela presença “virtual” de autoridades de diversas instituições parceiras da classe contábil. As homenagens foram feitas para o evento que está sendo transmitido ao vivo, pelo canal do CFC no Youtube. Confira a seguir o depoimento de cada um deles. A programação acontece até as 17h30.

O CEO do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE, Humberto Casagrande, agradeceu a participação no evento e reverenciou a contabilidade pelo seu trabalho. Ele contou como, ao longo de sua vida acadêmica e profissional, buscou aprimorar os conhecimentos na área.

“[A contabilidade] … É extremamente necessária no mundo dos negócios e das finanças, você usa a contabilidade em quase tudo. Na análise de crédito e de projetos de investimentos, no valor eixo das empresas e para entender as contas públicas, bem como para o gerenciamento de dados, Data Bases Science, que é o grande momento da contabilidade para o futuro. Enfim, ela foi e é muito útil e deve ser extremamente valorizada pela sociedade e mais bem  reconhecida por tudo o que nos faz e por tudo que nos proporciona”, destacou.

O senador Izalci Lucas, (PSDB), parabenizou a contabilidade e, em especial, os Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Contabilidade. Em seguida, expressou o orgulho por ser contador.

“Essa profissão sempre contribui e continuará contribuindo para o desenvolvimento social e econômico deste país. Graças ao profissional da contabilidade é que ainda temos empresas sobrevivendo com muita eficiência. No Brasil as normas de contabilidade são muito bem aplicadas a nível internacional, e é graças a esse profissional que a economia vem crescendo e vem se mantendo, mesmo nestes tempos de crise”, relatou.

O secretário especial da Receita Federal do Brasil, José Barroso Tostes, parabenizou a classe contábil pelos 75 anos que marcam a criação dos Conselhos de Contabilidade, a nível federal e estadual.

“É importante ressaltar o papel fundamental do profissional da contabilidade, para as pessoas físicas, para as empresas e contribuintes em geral, posto que participa da organização, estruturação contábil, dos planejamentos fiscal e financeiro, do compliance e atividades consultivas às empresas sobre a sua orientação e responsabilidade. Em relação às atividades tributárias, o profissional da contabilidade é essencial por ser o intermediador na relação Fisco/contribuinte”, frisou Barroso.

O secretário especial da Fazenda, Bruno Funchal, parabenizou o Sistema CFC/CRCs pelos 75 anos e agradeceu, em especial, a parceira da instituição com o Tesouro Nacional, desde 2008. “Começou com as discussões das normas de convergência da contabilidade. Acho que é muito importante destacar o quão importante é essa parceria, pois com a designação do Tesouro Nacional para realizar esse processo de contábil, foi possível trazer mais transparência, modernização e melhoria na qualidade da informação contábil. O resultado é um maior acesso dos investidores internacionais ao nosso país, conseguindo ler balanço das empresas quanto do setor público”, destacou.

O presidente do Sebrae, Carlos Meles, expressou a alegria por parabenizar os profissionais da contabilidade pelo evento. Ele disse que “a profissão tem uma importância que vocês talvez não vejam a dimensão, mas, quem usa e precisa de vocês, sabe o quanto é importante. Quem trabalhou como nós, ao longo de 30 anos, na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa sabe o quanto os contadores nos ajudarão, uma parceria direto conosco”, ressaltou.

Laércio Cosentino é fundador e presidente do Conselho de Administração da Totvs e parabenizou o Sistema CFC/CRCs, reafirmando o seu importante papel na regularização contábil até a sua relevância para a sociedade em geral. Sempre fui, por meio de da Totvs, um grande incentivador da disseminação da contabilidade eficaz como agente gerador de valor para todas as empresas’’, falou Cosentino.

O presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Trados, frisou que “é uma comemoração importante, não apenas para os profissionais deste importantíssimo setor, como também para as empresas brasileiras e a sociedade em geral. Falar em desenvolvimento econômico no país do progresso e no crescimento das empresas e atividade produtiva é impossível sem reservar um espaço especial à profissão contábil. Trados também parabenizou o CFC e os 27 Conselhos Regionais do Brasil.

O presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), George Teixeira Pinheiro, compartilhou que acredita ser muito importante o trabalho que os contadores fazem no Brasil para o comércio e para o próprio desenvolvimento nosso país. “É importante compartilharmos a alegria deste momento, a todos os contadores do Brasil, o meu abraço e o meu cumprimento. Desejo um país com muito mais ordem, com muito mais técnica e principalmente com a ajuda dos nossos profissionais da contabilidade. Parabéns a todos vocês” enfatizou.

O deputado Marcelo Ramos (PL-AM) parabenizou o CFC pelos 75 anos, ressaltando que ficou marcado, não só, pela defesa legal do exercício da profissão contábil, como também por relevante serviços contábeis prestados ao povo brasileiro, por meio de pareceres, com atitudes colaborativas do Poder Público para a fiscalização das contas públicas e realização de seminários. “Eu digo que os Conselhos Regionais não são instrumentos corporativos de defesa da profissão e, sim, instrumentos de proteção da sociedade de que ela terá acesso a um profissional qualificado para aquilo que ele busca”, finalizou.

A ministra do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes, ressaltou a entidade possui de contabilidade com o mais alto gabarito que adotam parâmetros de boa governança ajudando a cumprir a missão institucional e zelar pelo bom emprego dos recursos. “A Ciência Contábil é um instrumento de progresso e crescimento nacional. Entre tantas atribuições, a fiscalização contábil representa a segurança de manter todas as contribuições financeiras de pessoas físicas e jurídicas dentro dos limites legais, assegurando consistência às informações para tomar para as decisões”.

As rotinas contábeis, em princípios de controle e análise, possibilitam uma gestão financeira otimizada, que proporciona que o gerenciamento de ativos públicos retorne como resposta às demandas das populações, de investimentos em infraestrutura e autofinanciamento da máquina administrativa.

O cofundador e conselheiro dedicou os parabéns pelos 75 anos aos mais de 516 mil profissionais da contabilidade que existem no Brasil. Ele enalteceu a classe dizendo que utiliza frequentemente as informações contábeis para tomar as melhores decisões. “Uso os dados para definir novos investimentos, entrada em outros países, inovação de produtos, avanços na tecnologia. Bem como, no aprimoramento da nossa governança e das nossas ações sociais e ambientais”, falou.

Paula Franco, bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados de Portugal, parabenizou os profissionais da contabilidade do Brasil pelos 75 anos e disse que se trata de uma profissão muito nobre. Ela disse que não há dúvida de que o CFC está cumprindo ao longo dos anos suas missões, de orientar, regulamente e fiscalizar o exercício da profissão no Brasil. Além disso, faz com que a profissão seja muito digna e respeitada.