Notícias

CFC e AIC lançam projeto Conexão Educa e Aprende

Por Lorena Molter

Comunicação CFC/Apex

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) realizou, em parceria com a Associação Interamericana de Contabilidade (AIC), a primeira edição do projeto Conexão Educa e Aprende – A América trocando habilidades práticas para a formação do futuro contador. A iniciativa conta com o apoio da Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) e do Sistema CFC/CRCs. O projeto, que reúne educadores de toda a América Latina, tem o objetivo de estimular a discussão, a reflexão e as práticas sobre os temas atuais e as tendências mundiais do ensino da contabilidade, proporcionando aos profissionais da área oportunidades de aprimoramento e de crescimento.

O tema de abertura da atividade foi “Tecnologias aplicadas à educação”. O assunto havia sido demandado pelos professores e coordenadores que participaram da 12ª edição do Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis (ENCPCCC), realizado, de forma on-line, nos dias 29 e 30 de setembro deste ano.

A abordagem do assunto foi realizada pelo presidente da Comissão Técnica Interamericana de Educação da AIC, professor doutor Mario Díaz Durán, pela professora de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS), doutora Wendy Beatriz Witt Haddad Carraro, pela professora mestre e adjunta da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade da República do Uruguai, Mariela Svetlichich Duque, e pela professora doutora e coordenadora da Universidade Aberta do Brasil na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Cacilda Andrade.

Durante a abertura do evento, o vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC, contador Aécio Prado Dantas Júnior, falou sobre as temáticas que serão trabalhadas nos encontros do Conexão Educa e Aprende. “Vamos discutir temas relevantes ao ensino da contabilidade, a exemplo do conteúdo curricular, das questões relacionadas ao uso da tecnologia, da preparação dos professores e dos profissionais e também das demandas atuais do mercado de trabalho”, pontuou.

A presidente da AIC e da Abracicon e coordenadora da comissão de ensino do CFC, contadora e professora doutora Maria Clara Cavalcante Bugarim, explicou como será a dinâmica do projeto. “Nessa iniciativa, nós não temos a pretensão, na verdade, de trazer especialistas para estarem o tempo inteiro ensinando. O ensinar e o aprender é muito essa conexão da troca. Somos todos docentes e temos esse entendimento de que esse intercâmbio é extremamente rico”, afirmou.

O presidente do CFC, contador Zulmir Breda, ressaltou que as diferenças regionais brasileiras que impactam a educação do país precisam ser superadas. De acordo com Breda, o projeto Conexão Educa e Aprende pode contribuir para diminuir dessas disparidades. “O Brasil, pela sua dimensão geográfica, quase um país continente, tem a necessidade, muito maior, de aprofundar essa discussão para que nós possamos aperfeiçoar os métodos de ensino do país e, acima de tudo, uniformizar esses métodos Brasil afora. Nós temos realidades muito distintas dentro do Brasil na área da educação fruto das disparidades regionais que nós enfrentamos, dadas as nossas dimensões geográficas. Trazer para esses debates todos os nossos colegas professores, de toda a América Latina, vai ser muito enriquecedor para que também possamos levar esse debate além-fronteiras”, salientou.

Para assistir às palestras, clique aqui.