Notícias

CFC participa de mesa redonda latinoamericana sobre a Consulta da Fundação IFRS sobre Relatórios de Sustentabilidade

Por Rafaella Feliciano
Comunicação CFC

O Conselho Federal de Contabilidade participou, no dia 30 de novembro, da mesa redonda latinoamericana sobre a Consulta da Fundação IFRS sobre Relatórios de Sustentabilidade. O evento virtual, realizado pela Federação Internacional de Contadores (IFAC, sigla em inglês) e pela Associação Interamericana de Contabilidade (AIC) teve como objetivo envolver as entidades-membros da América Latina nas discussões para a elaboração de padrões globais de relatórios de sustentabilidade que garantam informações consistentes e comparáveis. O CFC foi representado pelo presidente do Conselho, Zulmir Breda, e também contou com a presença do vice-presidente Técnico do CFC, Idésio Coelho – membro do Conselho da Ifac.

Para entender as novas demandas da economia mundial, a Fundação IFRS, entidade responsável pela supervisão do Iasb, abriu uma consulta pública, em nível global, para levantar dados sobre a demanda mundial por emissão de normas de sustentabilidade.

A organização analisa a possibilidade de criar um novo conselho para tratar de normas e relatórios de sustentabilidade. Para os trustees da fundação, um conjunto de padrões comparáveis e consistentes permitirá que as empresas conquistem a confiança do público por meio de uma maior transparência de suas iniciativas, o que seria útil para investidores e para o público em geral.  Segundo a instituição, inicialmente, os riscos estarão relacionados aos efeitos climáticos  (Climate First) e, gradativamente, deverão ser incluídos novos temas que impactam o meio ambiente e a sociedade.

Durante a mesa redonda para as entidades da América Latina, o diretor da IFAC, Kevin Dancey, apresentou uma sinopse da consulta e disse que os profissionais da contabilidade podem ajudar, na prática, empresas, economias e sociedades a alcançarem um futuro mais sustentável. “Temos a oportunidade de aprimorar nossas habilidades e trazer uma nova relevância para as ofertas de relatórios corporativos,garantia e consultoria. Do ponto de vista da IFAC,devemos oferecer nossa experiência e apoio à medida que os administradores da Fundação IFRS avaliam  como enfrentar esse desafio”, ressaltou.

Dancey também informou que a Federação Internacional de Contadores divulgou, no último mês de setembro, um documento com manifestação de apoio à iniciativa da Fundação IFRS e de outras organizações contábeis internacionais de se criar um conselho para normas e relatórios de sustentabilidade.

O vice-presidente do CFC e membro do Conselho da Ifac, Idésio Coelho, ratificou a importância de se trabalhar na construção de um modelo de regulação padrão sobre sustentabilidade para o desenvolvimento socioeconômico dos países e garantiu que a Fundação IFRS é a entidade mais indicada para gerenciar esse processo. “Ela possui grande experiência em emissão de normas, estrutura de governança positiva e habilidade estratégica. Com certeza, a Fundação IFRS possui capacidade necessária para liderar esse processo que promete ser um trabalho extenso”.

Para o presidente do CFC, Zulmir Breda, o  objetivo das demonstrações contábeis, como são feitas hoje, não garante uma economia mais sustentável em relação ao meio ambiente. Segundo ele, relatórios são produzidos para retratar a realidade econômica das empresas, fornecendo aos investidores e demais stakeholders informações essenciais para as decisões de negócios e de investimentos. “Ocorre que, à medida que as questões de sustentabilidade estão se tornando urgentes, o conjunto da sociedade, formado por diferentes países, está clamando às empresas para que estas assumam esse compromisso. E mais, o cidadão está querendo ver esse engajamento expresso em relatórios detalhados e transparentes, portanto, levar a discussão para a prática é imprescindível”, afirmou. Ele também informou que o CFC é uma das entidades que responderá à consulta.

A consulta da Fundação IFRS sobre os relatórios de sustentabilidade está disponível para recomendações dos países-membros até o dia 31 de dezembro de 2020.  https://www.ifrs.org/projects/work-plan/sustainability-reporting/comment-letters-projects/consultation-paper-and-comment-letters/

CLOSE
CLOSE