DestaquesNotícias

Conselheiros debatem ações estratégicas em sessão plenária de fevereiro3 minutos de leitura

Por Christiane Duarte
Comunicação CRCAL

Os conselheiros do CRCAL participaram, na tarde desta quinta-feira (24), da reunião Plenária do mês de fevereiro. A sessão mensal faz parte da agenda de atribuições ordinárias do conselho, onde são debatidos os temas pertinentes ao registro, fiscalização, formação continuada da classe contábil, além de processos internos de gestão. 

Este mês, a reunião foi precedida por uma sessão do TRED – o Tribunal Regional de Ética e Disciplina. O organismo julgou, na instância estadual, 11 processos disciplinares de conduta profissional contábil, resultantes de fiscalização e denúncias.

A plenária foi presidida pela vice-presidente de Administração e Planejamento do CRCAL, conselheira Adriana Araújo, que substituiu o presidente José Vieira, a pedido. De acordo com o rito institucional, os 12 conselheiros efetivos participam da sessão. 

Na pauta de fevereiro, os vice-presidentes (VPs) apresentaram um resumo dos avanços obtidos em cada uma das quatro câmaras: Registro, Fiscalização, Ética e Disciplina; Desenvolvimento Profissional; Administração e Planejamento e Controle Interno.

“As câmaras do CRCAL seguem um rigoroso sistema de controle, definido por nossa instância maior, que é o Conselho Federal de Contabilidade, o CFC. Nesta plenária de fevereiro, apresentamos aos integrantes do plenário os números referentes às ações de cada câmara no mês de janeiro e com um comparativo dos anos de 2020 e 2021”, explicou a presidente da sessão, VP Adriana Araújo.

À frente da Câmara de Administração e Planejamento, ela apresentou um balanço geral sobre o desempenho do CRCAL em atendimentos de ouvidoria, julgamentos de processos, finanças, pedidos de informações e comunicação.

BALANÇO DAS CÂMARAS

O VP Antônio Guedes, responsável pela Câmara de Registro, Fiscalização, Ética e Disciplina, relatou os números de fiscalização resultantes de denúncias, crescimento nos registros profissionais e os impactos positivos no desempenho do conselho. 

Responsável pela Câmara do Controle Interno, o VP Nicholas Nascimento relatou a visão inicial dos processos de trabalho do CRCAL após a implantação de ferramentas de automação para organização de tarefas, feita para todos os setores do CRCAL. 

Na Câmara de Desenvolvimento Profissional, o VP José Carlos Melo apresentou as principais ações realizadas em janeiro e fevereiro, com foco no fortalecimento das parcerias institucionais, oferta de cursos gratuitos e convênios que possibilitam descontos no investimento em educação para os profissionais contábeis.

Os conselheiros também debateram sobre as ações para o ano de 2022. Entre as principais discussões, a relação com os poderes Executivo e Legislativo, ampliação do papel social do CRCAL, incluindo a temática da diversidade. 

“O presidente José Vieira é um defensor da equidade social e o CRCAL quer avançar para ajudar a reduzir questões com a distorção de remunerações entre mulheres e homens na classe contábil, combater o preconceito racial e contra pessoas portadoras de deficiências, bem como a homofobia. As ciências contábeis não são apenas números. Nós contadores trabalhamos para a sociedade e vê-la igualitária é uma utopia a ser perseguida também por nós”, explicou Adriana Araújo.

Estiverem também presentes na plenária o assessor da presidência, Wellington Santos, a diretora executiva do CRCAL, Selma Araújo, as conselheiras Luciana Lemos e Helenice de Oliveira e os conselheiros estaduais Ricardo Leite, Thiago Pereira, Marcello Quirino, Antônio Lamenha Júnior, e os conselheiros federais Alberto Gaia e Carlos Henrique do Nascimento – vice-presidente de Registro do CFC.

Confira a galeria de imagens: