Notícias

CRCAL discute com a Secretaria da Fazenda ações para melhor atendimento aos profissionais contábeis e contribuintes

By 20/07/2016outubro 2nd, 2018No Comments

0715SEFAZ

O Presidente do CRCAL, Paulo Braga da Rocha, foi recebido pelo Superintendente da Receita Estadual da Secretaria da Fazenda de Alagoas, Francisco Suruagy, no último dia 14 de julho. Na pauta da reunião o levantamento realizado pela Secretaria onde identificou cerca de 14 mil empresa inadimplentes com suas declarações acessórias.

Entre as principais pendências identificadas estão à declaração de atividades dos contribuintes (DAC) e à Escrituração Fiscal Digital (SPED). “Em nosso contato ficou acordado que a SEFAZ irá abrir o prazo de 01 a 31 de agosto para denúncia espontânea, após esse prazo, as empresas se tornarão inaptas para o exercício de suas atividades”, disse o Presidente Paulo Braga.

Ainda durante a reunião, o Presidente do CRCAL fez algumas sugestões à gestão da SEFAZ para melhorar a dinâmica do trabalho dos profissionais contábeis:
• Que a SEFAZ estude a possibilidade de alteração na legislação que rege o Conselho Tributário, para que o CRCAL possa ter assento no Conselho.
• Criação, no portal do contribuinte, de uma área especifica para os Contadores, com acesso individualizado, para que possa verificar quais empresas são responsáveis, formulários on line para solicitação de baixa da responsabilidade por empresas que não estão mais sob a sua guarda, acompanhar os principais atos publicados pela Secretaria, entre outros.
• Realizar o recadastramento dos profissionais da contabilidade.
• Acesso ao CRCAL do cadastro dos profissionais de contabilidade e suas empresas, para identificar e fiscalizar o trabalho do leigo.
• Parcerias nas capacitações realizadas, cedendo, inclusive as instalações do CRCAL e o sistema de inscrições.
• Além de socializar as ações da SEFAZ que forem impactar diretamente no trabalho dos profissionais.

O Superintendente da Receita sinalizou a possibilidade de implementar a maioria das solicitações apresentadas, além de informar que a SEFAZ tem um déficit de sistemas, que está sendo sanado com a aquisição de novas tecnologias. “A previsão é que até o final de 2017 a Secretaria esteja trabalhando com agendamentos e serviços on line, de forma a facilitar o acesso dos profissionais e contribuintes”, disse Suruagy.