Destaques

CRCAL fecha parcerias com SEFAZ/AL e JUCEAL para combater a atuação de leigos na profissão contábil

A ideia é criar mais mecanismos de controle da atividade

Por Hannah Copertino

Comunicação CRCAL

Após uma reunião produtiva com a SEFAZ/AL, na qual foram solicitadas medidas sugeridas pelo CRCAL com o intuito de gerar maior controle por parte da secretaria para evitar a atuação de leigos na profissão contábil, o CRCAL realizou uma reunião extraordinária entre o Presidente do CRCAL, Paulo Braga, Conselheiros e o Presidente da Junta Comercial de Alagoas (JUCEAL), Carlos Alberto Barros de Araújo, nesta sexta-feira (10/05), no CRCAL, com o mesmo objetivo.

Na reunião, os representantes do CRCAL passaram informações sobre casos de leigos exercendo de maneira criminosa a profissão contábil em Alagoas e sugeriram à JUCEAL a implantação de mecanismos para gerar controle maior nas atividades desenvolvidas pela Junta Comercial do Estado, somando, assim, forças a este combate que já conta com o apoio do MPE/AL e SEFAZ/AL.

O CRCAL, por meio da Câmara de Fiscalização, Ética e Disciplina, intensificou o combate aos leigos no estado e está criando uma força-tarefa entre órgãos da administração pública para coibir este crime. Os casos constatados têm sido denunciados ao Ministério Público Estadual, que vem tomando as devidas providências. Agora, com o apoio da SEFAZ/AL e JUCEAL, o trabalho será ainda mais intenso e eficiente.

“Temos avançado bastante no combate aos leigos e precisamos continuar nesta direção. Por isso, pedimos aos contadores e à sociedade de uma maneira geral que também colabore com denúncias ao Departamento de Fiscalização do CRCAL, o sigilo é garantido. Para atuar na profissão contábil, é preciso ser Bacharel em Ciências Contábeis, ser aprovado no Exame de Suficiência e registrado no CRC de sua região. Quem não atende a esses requisitos e atua na profissão é um criminoso”, pontuou o Presidente do CRCAL, Paulo Braga.

O setor de fiscalização do Conselho está aberto para o atendimento ao público pelo telefone (82) 3194-3006 e também pelo e-mail para fiscalizacao@crcal.org.br. O atendimento presencial é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e, das 13h30 às 17h30, na Rua Dona Tereza de Azevedo, no Pinheiro, em Maceió.

O Presidente da JUCEAL, Carlos Alberto Barros de Araújo, avaliou de forma positiva a reunião. “Foi excelente, vamos usar a tecnologia a nosso favor, interligando a Juceal, Sefaz e CRCAL para evitar os problemas que estão surgindo e garantir que a profissão seja exercida de maneira correta. A sociedade é quem ganha com isso”, concluiu o Presidente da JUCEAL.