DestaquesNotícias

CRCAL participa de agenda sobre finanças públicas e controle social2 minutos de leitura

Comunicação CRCAL com 
Ascom SEMEC

Representantes do Conselho Regional de Contabilidade de Alagoas (CRCAL) participaram na última quarta-feira (08) de uma reunião na Secretaria de Economia de Maceió (Semec), que tratou sobre transparência nas prestações de contas. A agenda abriu as discussões sobre a criação de um Observatório de Finanças Públicas e Controle Social, que reuniria sociedade organizada e poderes públicos.

O Vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCAL, contador José Carlos Melo, juntamente com as conselheiras Maria Jandira Eugênio e Lisângela Rubik participaram da reunião.  

A conselheira Maria Jandira integra o Programa de Voluntário da Classe Contábil (PVCC) e a conselheira Lisângela é integrante da CASP – a Comissão de Contabilidade Aplicada ao Setor Público do conselho.

Além  delas, o contador Bruno de Lima, coordenador adjunto da CASP, e a contadora Marília Alves,  integrante a mesma comissão, participaram da reunião, que teve também a presença de técnicos da Semec.

“Foi uma agenda muito relevante para a capital, pois a  possibilidade de existir um Observatório das Contas Públicas e Controle Social dará à sociedade mais um instrumento de transparência e fiscalização dos recursos públicos. Sem dúvidas vai estimular a participação social e o próprio exercício da cidadania”, comentou o vice-presidente José Carlos. 

Para o secretário de Economia, esse tipo de parceria institucional é uma forma de garantir que o trabalho será desenvolvido com todo o apoio técnico necessário, identificando as necessidades e prezando pela responsabilidade fiscal.

“Implantar uma cultura de transparência dos gastos públicos é um caminho para aumentar a participação da população nas decisões tomadas pelo Município e que afetam toda a sociedade. Também é uma forma de prestar contas de maneira mais organizada, acessível, menos engessada, mesmo mantendo o teor técnico necessário’’, esclareceu João Felipe. 

PARTICIPAÇÃO INSTITUCIONAL

Nesta primeira reunião, Semec e CRCAL discutiram meios iniciais para a criação do observatório, que atuará com uma espécie de comitê observador da aplicação dos recursos públicos.

A ideia inicial foi fortalecer a parceria institucional e estabelecer uma agenda de encontros e ampliar as discussões acerca do tema.