Destaques

CRCAL promove palestra sobre IRPJ – Lucro Presumido com Rogério Bezerra Ramos

Profissionais tiraram todas as dúvidas sobre o assunto

Por Hannah Copertino

Comunicação CRCAL

O Conselho Regional de Contabilidade de Alagoas (CRCAL) segue investindo na Educação Profissional Continuada da classe contábil. Desta vez, os profissionais tiveram a oportunidade de saber mais sobre IRPJ – Lucro Presumido, na palestra de Rogério Bezerra Ramos, realizada no dia 05/04, no auditório do Conselho.

Rogério Bezerra Ramos é mestrando em Contabilidade pela FECAP/SP e especialista em Direito Tributário pela PUC/SP. O contador, advogado e analista de sistemas também atua como professor universitário. Após o sucesso da palestra sobre o Regulamento do IRPF, o profissional voltou a Maceió exclusivamente para apresentar a palestra e tirar as dúvidas dos participantes.

“O foco foi na tributação, lucro presumido, e fazendo uma comparação com o lucro real. Com esses debates do governo, projeto de reforma tributária, a ideia é ter mais apurações com base no lucro real. Será que as empresas e os contadores estão preparados? A maioria das empresas trabalha com lucro presumido, por isso preparei o conteúdo desta palestra. Temos visto muitas dúvidas. Neste contexto, os contadores precisam estudar mais, analisar, passar os dados para o empresário com o objetivo de deixá-los bem informados. Os contadores têm sido cada vez mais conselheiros dos empresários, percebo isso nas cidades que eu passo, então, é preciso se atualizar”, afirmou o palestrante, Rogério Bezerra Ramos.

Para os profissionais, a palestra foi uma ótima oportunidade para eles ficarem ainda mais preparados para o mercado de trabalho. “Foi excelente a palestra, o profissional da contabilidade tem que estar em constante atualização. O regulamento do IR foi editado recentemente, o Decreto IR 9.580, algumas normas foram incluídas, consegui esclarecer minhas dúvidas e saio daqui muito mais pronta para fazer corretamente a escrituração das empresas”, avaliou Engrid de Melo Cavalcante, que atua há 22 anos no mercado contábil alagoano.

O fato de o palestrante ter abordado lucro real também foi importante para os participantes, uma forma didática e mais abrangente de proporcionar aprendizado. “Foi interessante porque havia detalhes que eu não estava por dentro, muito produtivo. O palestrante não ficou só no lucro presumido, abordou o lucro real também, comparando, foi satisfatório”, concluiu Jozete Maria da Silva, que também faz parte da classe contábil alagoana há mais de duas décadas.