DestaquesNotícias

CRCAL reafirma parceria institucional com Grupo de Combate à Sonegação Fiscal do Ministério Público2 minutos de leitura

Por 07/02/2022fevereiro 10th, 2022Sem comentários

Conselheiros se reúnem com promotor de Justiça Ciro Blatter (ao centro), coordenador do Grupo de Combate à Sonegação Fiscal do Ministério Público Estadual

Por Christiane Duarte
Comunicação CRCAL

O presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Alagoas, contador José Vieira, fez uma visita de cortesia ao promotor de justiça Ciro Blatter, coordenador do GAESF – o Grupo de Combate à Sonegação Fiscal do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE). O encontro aconteceu na segunda-feira (07) e faz parte das agendas de visitas institucionais da nova gestão do CRCAL.

Acompanhado por vice-presidentes e membros do CRCAL, o presidente foi reafirmar o apoio do conselho ao trabalho realizado pelo grupo e apresentar o novo Conselho Diretor da Instituição.

“É uma agenda que consideramos muito importante, pois como defensores natos das contas públicas e do exercício correto da contabilidade, o CRCAL tem o dever institucional de apoiar os órgãos fiscalizadores no combate aos crimes contra a ordem pública tributária e econômica, bem como zelar pelas prerrogativas profissionais da classe contábil, porém sem nunca coadunar com qualquer ilicitude”, comentou o presidente José Vieira.

Acompanhando o presidente do conselho estavam a Vice-presidente de Administração e Planejamento, Adriana Araújo, os vice-presidentes Antônio Ricardo Guedes (Registro e Fiscalização) e José Carlos Melo (Desenvolvimento Profissional), o conselheiro Jordão Vieira, coordenador da Comissão de Representantes junto à Secretaria da Fazenda e assessor Jurídico do CRCAL, Jonathan Araújo.

“O promotor Ciro Blatter nos recebeu com muita gentileza e reforçou a manutenção de nossa cooperação institucional nesta missão tão importante do Ministério Público de combater o desvio de recursos públicos e defender a sociedade deste grande mal que é a corrupção”, disse o presidente.