Destaques

CRCAL, Receita Federal e TCE-AL se reúnem para tratar sobre parceria com o objetivo de incentivar doações do IRPF ao FMDCA

Contadores têm papel fundamental

Por Hannah Copertino

Comunicação CRCAL

O Presidente do CRCAL, Paulo Braga, o Vice-Presidente Operacional e de Finanças, Alberto Gaia, o Vice-Presidente Técnico e de Desenvolvimento Profissional, Vieira dos Santos, e a Diretora Executiva do CRCAL, Selma Araújo, estiveram reunidos com o Superintendente da Receita Federal em Alagoas, Plínio Feitosa, e com a Valéria Hora Barros, representando o Presidente do Tribunal de Contas de Alagoas, Conselheiro Otávio Lessa, na quarta-feira (13/03), no Conselho.

O objetivo da reunião foi definir ações que serão desenvolvidas em parceria entre os órgãos de divulgação e sensibilização da sociedade, principalmente da classe contábil alagoana já que o contador possui papel fundamental neste contexto, para gerar aumento no número de doações feitas aos Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA) por meio da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2019.

A ideia é levar mais informação para a sociedade sobre as vantagens de doar parte do IRPF para os fundos que destinam recursos às instituições que atendem crianças e adolescente. Com esse ato de solidariedade, o contribuinte ajuda na formação de uma sociedade mais justa e no futuro das crianças, consequentemente, no futuro do país, e ainda recebe mais por isso, uma vez que o valor doado é acrescido ao valor a ser recebido ou subtraído do imposto a ser pago, se for o caso.

Os cidadãos podem destinar até 6% do valor do seu imposto de renda, a ser pago ou restituído, para os Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente, ao longo do ano, sendo 3% neste período da declaração, e o percentual restante nos outros meses. No Programa da Declaração do IRPF deste ano, a opção para destinar recurso às instituições sociais está mais visível, aparece logo na primeira página.

Segundo o Superintendente da Receita Federal em Alagoas, Plinio Feitosa, o órgão vem ampliando as ações para difundir as informações sobre as doações aos FMDCA ao longo dos anos. “Essa ação tem duas vertentes: a primeira é mostrar às pessoas a importância de pagar o tributo e a questão social que isso envolve e a segunda é a qualidade do gasto. Os órgãos têm que procurar ser cidadãos, cada vez mais temos que pensar nos problemas sociais e buscar solucioná-los. Por isso, queremos estimular as doações para que o valor aumente em Alagoas, resultando em ações em prol das crianças e dos adolescentes”, afirmou Plínio Feitosa.

Para o Presidente do CRCAL, a parceria entre os órgãos só fortalece a sociedade de uma maneira geral. “Foi uma reunião muito produtiva, de definição de ações. O Sistema CFC/CRCs tem um compromisso social, por meio do Programa de Voluntariado da Classe Contábil, PVCC, vem realizando campanhas de incentivo às doações nos últimos anos e reafirma esta responsabilidade. Acredito que esta soma de forças do Conselho com a Receita Federal e o TCE-AL só gera benefícios ao nosso estado. Esperamos que o número de doações aumente, temos um grande potencial, mas precisamos ser mais solidários. Aproveito para convocar os profissionais da Contabilidade para que sejam agentes de transformação social e esta campanha é uma excelente forma de fazer a diferença”, pontuou o Presidente do CRCAL, Paulo Braga.