Notícias

Em pesquisa internacional, jovens da Geração Z dizem que há espaço para melhorias em organizações contábeis

Por Amanda Oliveira com informação da IFAC

Jovens profissionais e estudantes da área de finanças e contabilidade acreditam que gestores têm um significativo espaço para implementar melhorias nas organizações. É o que revela o relatório “Groundbreakers: Gen Z and the future of accountancy”, elaborado pela Federação Internacional de Contadores (Ifac) e pela Associação de Contadores Certificados (ACCA). O estudo, realizado no final de 2020, ouviu as aspirações de mais de 9 mil jovens entre 18 e 25 anos, de diversas nacionalidades, sobre o mercado de trabalho.

De acordo com 69% dos entrevistados, as empresas exercem um impacto positivo na sociedade em geral. Na perspectiva deles, a contabilidade é uma carreira atraente e proporciona portabilidade, com acesso a empregos em todos os setores e lugares do mundo. “O que vemos com essa pesquisa são jovens em início de carreira contábil ansiosos por fazer sua parte na renovação econômica. Eles têm preocupações sobre o futuro e como os negócios funcionam”, disse Helen Brand, executiva-chefe da ACCA.

Para o CEO da Ifac, Kevin Dancey, fatos como a pandemia de covid-19, as mudanças climáticas e as crises econômicas fazem parte de um cenário global desafiador, que ocorre justamente no momento de amadurecimento da Geração Z. “Líderes de empresas de todos os segmentos não apenas têm a oportunidade de dar as boas-vindas a essa nova geração, mas de aprender ativamente com eles. Embora ninguém saiba exatamente o que o futuro reserva, uma coisa é certa: os futuros profissionais da Contabilidade têm um papel crítico a desempenhar em nosso futuro”, destaca.

Ao final do documento, são listadas dez maneiras de aproveitar o potencial dos jovens. Leia o relatório na íntegra, clicando aqui.

CLOSE
CLOSE