Geral

Especial Dia do Contador: Carta aos contadores brasileiros4 minutos de leitura

Neste dia 22 de setembro, parabenizo todos os contadores brasileiros e registro o meu orgulho por, através da profissão que escolhemos e amamos, podermos fazer a diferença na vida dos clientes, das empresas e, sim, do nosso país. Contribuímos imensamente para a economia mundial e precisamos ocupar o lugar que merecemos.

Nesse sentido, internalizem a nossa relevância e essencialidade. Assumam os seus papéis de consultores de negócios e percebam o quanto os planejamentos estratégicos que desenvolvemos e as orientações que fornecemos fazem a diferença nos resultados e no crescimento das empresas. Notem que as atividades funcionais que realizamos, como o cumprimento das obrigações acessórias, são fundamentais para a economia brasileira. E, atualmente, os nossos serviços vão além, pois, interpretamos a grande massa de dados que temos à nossa disposição e a utilizamos com uma voz diferenciada nas decisões estratégicas de nossos locais de trabalho.

Ao mesmo tempo, precisamos ter em mente que as nossas atividades devem ser alicerçadas em valores ambientais, sociais e de governança (ASG). E isso vale tanto para a assessoria que prestamos aos nossos clientes, como para os nossos próprios negócios. Percebamos que essa não é uma pauta futura é, na realidade, um assunto que necessitamos dominar atualmente, uma vez que a Contabilidade é uma engrenagem fundamental para o desenvolvimento sustentável das nações, sendo essencial estarmos aptos para fazer a nossa parte.

Notem que a sustentabilidade já faz parte das preocupações contábeis internacionais. Uma prova disso é a criação do International Sustainability Standards Board (ISSB, na sigla em inglês) pela Fundação IFRS, o qual iniciou os seus trabalhos com a edição das minutas de Divulgação de Informações Financeiras Relacionadas à Sustentabilidade (IFRS S1) e de Divulgação Relacionada ao Clima (IFRS S2). Os referidos documentos estiveram em audiência pública por 120 dias e receberam mais de 1.300 cartas e comentários, vindos de todos os continentes.

No Brasil, também damos passos largos nesse processo e, assim, em junho deste ano, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), instituiu o Comitê Brasileiro de Pronunciamentos de Sustentabilidade (CBPS), tendo como objetivo o estudo, o preparo e a emissão de documentos técnicos sobre divulgação das práticas de sustentabilidade. A partir dessas atividades, serão desenvolvidos pronunciamentos técnicos para serem adotados pelos reguladores no Brasil.

A tecnologia é outro assunto que precisa fazer parte das nossas rotinas e, do mesmo modo que a sustentabilidade, não é um tema do futuro, mas do agora. E, ao destacar essa temática, não me refiro apenas à digitalização dos processos que, na realidade, já vem ocorrendo há alguns anos e que foi acelerada durante a pandemia da covid-19. Nesse ponto, eu destaco o conhecimento sobre blockchain, criptoativos e metaverso. Mesmo que alguns ainda não tenham plena ciência, os contadores já estão inseridos nesse mundo, não sendo possível deixar o tema para uma outra ocasião.

Outra novidade do nosso tempo é a valorização das habilidades do ser humano no comportamento em sociedade, chamadas de soft skills. Ainda que o conhecimento técnico seja fundamental e valorizado, essas competências são, hoje, um diferencial competitivo. Entre alguns exemplos dessas aptidões, estão comunicação eficaz, capacidade de trabalho em equipe, resiliência, proatividade, ética no trabalho, pensamento crítico, criatividade, empatia, liderança, positividade, atenção para ouvir e gerenciamento de tempo. Desse modo, é necessário fazermos uma autoanálise e buscarmos desenvolver cada um desses elementos.

Sem dúvida, há muitas demandas e necessidades que precisamos atender para o nosso crescimento pessoal e profissional. Considerando a grande quantidade de trabalho característica da nossa profissão e a nossa tradicional luta contra o relógio, parece que falta tempo para a absorção desse conteúdo extenso. No entanto, não há outro caminho.

Com a finalidade de apoiar os contadores no conhecimento e na assimilação desses temas, o CFC disponibiliza, todos os meses para a classe contábil, conteúdos riquíssimos, construídos por profissionais renomados. A maioria desse material – palestras, vídeos, livros – podem ser acessados de forma gratuita. Tudo isso, visando ao fortalecimento dos valores ASG, da expansão tecnológica e da divulgação das soft skills.

Estamos unidos em busca da evolução da Contabilidade brasileira. Sigamos integrados. Juntos sempre seremos mais fortes e contribuiremos, cada vez mais, para o desenvolvimento do nosso país.

Um feliz e promissor Dia do Contador para todos nós!

Aécio Prado Dantas Júnior
Presidente do Conselho Federal de Contabilidade.