Notícias

Ifac: Até que ponto os contadores estão envolvidos na redução das emissões de CO2? Resultados de uma pesquisa holandesa1 minuto de leitura

Por Maristela Girotto
Comunicação CFC

A Federação Internacional de Contadores (Ifac, na sigla em inglês) publicou em seu website os resultados de um estudo, realizado por pesquisadores holandeses, que fornecem uma visão sobre o envolvimento atual de contadores na redução dos gases de efeito estufa.

De acordo com a publicação da Ifac, em janeiro de 2020, a Royal Dutch Association of Accountants (NBA) publicou uma Carta Pública – “O clima é uma preocupação financeira” -, declarando que a questão das mudanças climáticas deve receber a mais alta prioridade estratégica.

A pesquisa atual mostra que ainda há muito trabalho a ser feito.

O estudo foi dirigido a cerca de 9.000 contadores externos, também conhecidos como contadores de prática pública. Um grupo representativo de 228 profissionais respondeu ao questionário. Também foram consideradas as visões pessoais e o conhecimento que os contadores possuem sobre o clima e os acordos, leis, regulamentos e métodos associados.

Entre as principais conclusões do estudo, consta que “os contadores estão engajados nas questões climáticas apenas até certo ponto, mas desejam desempenhar um papel mais importante. A maioria espera que a oferta de serviços nesta área aumente”.

Outra conclusão da pesquisa é que “o tema das emissões de CO2 não é destacado por três quartos dos clientes e contadores. A maioria dos entrevistados acredita que as organizações devem abordar esse tópico em suas análises de risco. Em geral, os clientes não incorporam CO2 na análise de risco”.

CLOSE
CLOSE