Destaques

Integrantes da CASP se reúnem com presidente do CRCAL

Por Ascom CRCAL

Os membros da Comissão de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (CASP) do CRCAL, coordenada pela contadora e conselheira, Lisângela Rubik, estiveram reunidos com o presidente José de Sousa Vieira, na sexta-feira (19/02), no plenário do conselho. Na ocasião, foi feito um balanço das atividades em 2020 e debatidos os projetos para este ano.

A comissão tem como objetivo valorizar a coletividade contábil aplicada ao setor público. Entre as principais ações, estão a realização de capacitações aos contadores dos municípios alagoanos, elaboração de grupos de estudos, diálogo frequente com instituições parceiras, a exemplo do TCE-AL, AMA e CGE, entre outras atividades.

Participam da comissão os contadores Alexandro Alves Lins Leite, Ana Paula dos Santos Ramos Oliveira, Bruno Daniel de Lima, Eduardo Gonçalves Neto, Izabel Cristina da Silva Teles, Jailton Pereira Nicácio, Maria Aparecida Barros Padilha, Maria Augusta dos Santos e Ricardo André de Holanda Leite.

“Quando fui convidada a instituir a comissão para a área pública, tive a oportunidade de convidar nove colegas e juntos tínhamos entendimentos em comum, o que facilitou a implantação dos vários projetos. Sabíamos que a classe era regida por vários instrumentos normativos, mas éramos carentes de uma padronização de procedimentos, daí a Comissão fazer parte da Câmara de Desenvolvimento Profissional (Desenprof). Nossas capacitações ocorreram todas em meio virtual e foram 12 ao todo, uma por mês”, conta a coordenadora, Lisângela Rubik.

Ela complementa: “Também entendíamos, que por sermos muitos, precisávamos formar diálogos entre os mais variados órgãos para que pudéssemos dar celeridade em processos para a melhoria das tomadas de decisões dos nossos gestores, e assim fizemos, firmamos parcerias com AMA, TCE – AL, Escola de Contas do TCE-AL, FOCCO – Fórum de Combate à Corrupção AL, bem como a SEFAZ -AL. Através dessas parcerias também inserimos o compartilhamento do conhecimento técnico junto às Instituições de Ensino Superior capacitando estagiários para as demandas dos órgãos públicos. Elaboramos uma demanda muito especial ao Sindicato da Categoria, que foi prontamente acatada diante da necessidade apontada, que foi o piso salarial para o contador público”.

 

Para a coordenadora, 2020 foi um ano de avanços e 2021 deve seguir nesta mesma direção. “Desejamos para esse segundo ano da comissão a continuidade de todas as ações conquistadas em 2020, bem como a instituição de novos projetos que circularão pela qualidade da informação contábil sendo ela também oportuna e tempestiva, fazendo valer a LAI – Lei de Acesso à Informação, tornando-a legível ao cidadão nos portais de transparência. Pretendemos realçar de maneira massiva os preceitos éticos, fazendo com que o profissional entenda a importância da sua postura ética no setor público, uma vez que sua premissa é servir através desta notável ciência social”, conclui Rubik.

CLOSE
CLOSE