Notícias

Presidentes de entidades da contabilidade discutem futuro da profissão2 minutos de leitura

Por Amanda Oliveira
Comunicação CFC

O presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Zulmir Breda, participou, na última quarta-feira (19), de uma live promovida pela Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC). Ao lado de Maria Clara Bugarim, presidente da Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) e da Associação Interamericana de Contabilidade (AIC), eles debateram sobre o futuro da profissão contábil no Brasil e nas Américas.

A transmissão em tempo real contou com a mediação do presidente da FBC, Adeildo Osório. Dentre os temas abordados estão o desenvolvimento de novas competências, o fortalecimento da ciência, o perfil do profissional do futuro e o uso da tecnologia da informação na contabilidade.

Na ocasião, Breda explicou as novas habilidades exigidas pelo mercado, a necessidade de adaptação e o compromisso ético com o tratamento de dados. “O maior produto que podemos oferecer são informações de alta qualidade. Essencialmente, não vendemos apenas serviços contábeis, mas, acima de tudo, confiabilidade. A sociedade confia nas nossas informações, em nossos dados. Aliás, é por isso que nossa profissão é regulamentada“, disse.

Maria Clara, que preside a AIC, afirmou que o Brasil é muito bem representado no cenário internacional. “Quando nos aprofundamos nas entidades de classe dos outros países, entendemos que o nosso está bem estruturado. Com isso, podemos trocar informações, mas também transferir nossas experiências positivas”.

Zulmir também respondeu questionamentos sobre a possibilidade de extinção da profissão contábil com o avanço da tecnologia. Para ele, a capacidade humana de tomada de decisões é insubstituível. “O futuro da nossa profissão é brilhante, mas precisamos assumir o protagonismo e tomar as decisões certas. Por isso, a participação nas entidades é fundamental”.

Para assistir a live completa, clique aqui.