Notícias

Projeto Abraçando o Controle Social realiza 2ª Oficina Embaixadores do Planejamento

By 23/07/2018outubro 2nd, 2018No Comments

Evento ocorreu na sede do CRCAL

Por Hannah Copertino
Comunicação CRCAL

A 2ª Oficina Embaixadores do Planejamento, uma das ações desenvolvidas pelo projeto Abraçando o Controle Social, foi realizada neste sábado (21/07), na sede do CRCAL, e contou com a participação de Conselheiros, integrantes das Comissões do CRCAL e estudantes. A oficina foi ministrada por Eduardo Ferreira, Gerente de Monitoramento e Avaliação de Programas da Secretaria de Planejamento de Alagoas, Seplag, parceira do projeto.

Os participantes puderam saber mais sobre os princípios que regem a administração pública, como funcionam o planejamento e o orçamento dentro do serviço público e a importância da participação social nesse contexto. Após a parte teórica, os participantes puderam colocar o aprendizado em prática. Eles se dividiram em grupos para analisar problemas sociais e propor soluções.

A primeira oficina foi realizada no dia 13/07, no Campus da Unit, em Maceió, com alunos de MBA em Gestão Pública com ênfase em Auditoria e Controladoria e MBA em Finanças Corporativas, Auditoria e Controladoria. O objetivo maior, além de difundir o conhecimento sobre a gestão pública, é formar multiplicadores dessas informações, tendo, assim, cidadãos mais conscientes que coloquem em prática o Controle Social no seu dia a dia ao acompanhar as ações do poder público.

“Os participantes das oficinas estão sendo trabalhados para serem multiplicadores, para entender como funciona a área pública e passar isso para a sua comunidade. Na medida que eles conhecem como se dá a atuação do poder público em seu planejamento e orçamento, passam a observar mais e cobrar, resultando no Controle Social”, explicou a Vice-Presidente de Registro do CRCAL, que esteve na Oficina, Adriana Andrade Araújo.

O Projeto Abraçando o Controle Social foi lançado em maio deste ano, em Maceió, por meio de uma parceria entre o CFC, CRCAL, CGE-AL, com o apoio da Academia Brasileira de Ciências Contábeis, ABRACICON, da Fundação Brasileira de Contabilidade, FBC, do Conselho Nacional de Controle Interno, CONACI, do Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União e da Escola de Contas do TCE-AL.