Notícias

Sefaz implementa inteligência virtual para otimizar atendimento aos contribuintes em Alagoas

Iniciativa pretende diminuir tempo de espera nas demandas quanto aos serviços fazendários e facilitar o dia a dia do cidadão alagoano

Texto de Tatyane Barbosa e Anna Cláudia Almeida

Promover a modernização e simplificação da relação fisco-contribuinte. Com essa missão, a Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) inicia uma nova fase no atendimento, utilizando a inteligência virtual. A implementação do Novo Modelo de Atendimento Virtual Integrado é mais um passo importante do órgão, que vem seguindo uma tendência mundial, otimizando custos e com mais agilidade para solucionar as demandas diárias do cidadão alagoano.

O novo sistema estará disponível no site da Sefaz Alagoas. A Atendente Virtual se chama Nise, em homenagem a psiquiatria Nise da Silveira. Alagoana que recebeu diversas condecorações, títulos e prêmios em diferentes áreas do conhecimento.

A ideia é orientar os contribuintes acerca de serviços, reduzindo o número de atendimentos presenciais; facilitar a troca de informações entre o contribuinte, auditores e fiscais; permitindo também a execução de autosserviços e consultas. As ferramentas utilizadas irão, ainda, promover a virtualização dos dados de atendimentos, fornecendo índices de eficiência para que a SEFAZ/AL trabalhe na melhoria contínua do atendimento e serviços prestados a seu público.

O secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, explica que a pasta vem passando por esse processo de transformação digital. “Com modernização estamos trabalhando para nos adequar às novas tecnologias voltadas ao atendimento ao contribuinte. Esse é um passo fundamental no processo da digitalização. Pretendemos com esse sistema atender os contribuintes com maior agilidade”, colocou.

De acordo com o Secretário Especial da Receita Estadual, Luiz Dias, esta mudança no atendimento é uma tendência mundial, que visa otimizar os custos, direcionando para outras áreas do Governo, como combate ao Covid-19, aprimorando o trabalho com menor gasto, além de trazer a segurança necessária para o contribuinte.

“A primeira fase do ChatBot contempla as perguntas frequentes dos cidadãos alagoanos quanto aos serviços ofertados pela Fazenda pública. Na próxima etapa, o atendimento será mais personalizado, escalado por uma equipe que vai poder tirar as dúvidas mais complexas. A ideia é modernizar o atendimento, adequando-o às novas tecnologias”, explica.

Nas próximas fases, outras funcionalidades da ferramenta serão implantadas como emissão de guias, serviços resolutivos, assim como dirimir dúvidas sobre ICMS, IPVA, ITCD, além de orientações sobre mercadorias apreendidas, regimes de pagamento do Simples Nacional e Benefícios Fiscais.

Homenageada

Nise da Silveira está entre as primeiras mulheres no Brasil a se formar em Medicina. Dedicada a psiquiatria, a alagoana era radicalmente contrária às formas agressivas de tratamento de sua época, como o confinamento em hospitais psiquiátricos e eletrochoque.

Ela criou a “Seção de Terapêutica Ocupacional”, possibilitando aos doentes reatar seus vínculos com a realidade pela expressão simbólica e criativa de ateliês de pintura e modelagem. Funda ainda o “Museu de Imagens do Inconsciente”, destinado à preservação dos trabalhos de modelagem e pintura dos internos.

Em reconhecimento a seu trabalho, Nise foi agraciada com: “Centro de Estudos Nise da Silveira”, Juiz de Fora, Minas Gerais; “Espaço Nise da Silveira” do Núcleo de Atenção Psico-Social, Recife; “Medalha Chico Mendes”, do grupo Tortura Nunca Mais e “Associação de Convivência Estudo e Pesquisa Nise da Silveira”, Salvador, Bahia.

CLOSE
CLOSE