Notícias

XVI Seminário CPC conta pontos para o Programa de Educação Profissional Continuada

Por Luiz Monteiro, com informações do CPC
Estagiário sob supervisão do Decom

O XVI Seminário Internacional CPC – Normas Contábeis Internacionais contará pontos para o Programa de Educação Profissional Continuada (PEPC) do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). O Seminário propõe uma visão prática do atual estágio de adoção das Normas Internacionais de Relatórios Financeiros (IFRS – International Financial Reporting Standards) no Brasil, das mudanças mais relevantes que estão em andamento e/ou por vir e seus possíveis reflexos. Serão abordados temas como Disclosure Initiative, Macro-hedge, Arrendamento Mercantil, entre outros.

O encontro está marcado para acontecer no dia 21 de outubro, das 8h às 18h, no AMCHAM Business Center, em São Paulo (SP), e nele serão esperados membros de Comitês de Auditoria, profissionais da contabilidade e auditores, investidores institucionais, consultores e especialistas em Finanças Corporativas, advogados, professores e estudantes universitários de finanças e de contabilidade, além de outros profissionais. O XVI Seminário CPC conta seis pontos nas categorias:

AUD – Para profissionais que atuam na área de auditoria em qualquer tipo de empresa e que fazem parte do Cadastro Nacional de Auditores Independentes;
SUSEP (Auditoria Susep) – Pontuação especifica para atender resolução da Superintendência de Seguros Privados;
CMN – Pontuação específica para atender Resolução do Conselho Monetário Nacional 3771/09;
PROGP – Pontuação para profissionais que atuam nas empresas de Grande Porte (Responsáveis e cargo de chefia ou supervisão pelo processo das demonstrações contábeis);
PER – Pontuação para Profissionais que fazem parte do Cadastro Nacional de Peritos;
PREVIC – Pontuação para Profissionais que atuam nas entidades de previdência complementar reguladas pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar;
PRORT – Pontuação para os profissionais responsáveis técnicos que assinam as demonstrações contábeis de empresas com faturamento superior a 78 milhões.
Para saber mais informações sobre o evento, clique aqui.

Sobre o CPC

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) é formado pela Associação Brasileira das Companhias Abertas (ABRASCA); Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (APIMEC) Nacional; (B3)Brasil, Bolsa, Balcão; Conselho Federal de Contabilidade (CFC); Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI) e o Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (IBRACON).

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis foi criado com o objetivo de estudar, preparar e emitir Pronunciamentos Técnicos sobre procedimentos de Contabilidade e divulgar informações para permitir a emissão de normas pelas entidades reguladoras brasileiras, objetivando centralizar e uniformizar o processo de produção, levando sempre em conta a convergência da Contabilidade Brasileira aos padrões internacionais.