Destaques

Presidente do CRCAL participa de reunião com superintendentes da Sefaz/AL

Entre as pautas, esteve a apresentação da nova coordenação da Comissão do CRCAL e atendimento da secretaria

 

O Presidente do CRCAL, José Vieira dos Santos, a Diretora Executiva, Selma Araújo, e o Assessor Jurídico, Jonathan Araújo, estiveram reunidos com Francisco Suruagy, Superintendente Especial da Receita Estadual; Leopoldino Mello, Superintendente de Crédito Tributário, Cadastro e Articulação Regional; Elka Gonçalves; Auditora fiscal da Receita Estadual; e Jaime Roberto, Líder da Receita Estadual no Projeto Estratégico do Atendimento Virtual Integrado da Sefaz Alagoas.

 

Entre as pautas, estiveram o atendimento virtual da Nise e Programa Contribuinte Arretado. Na ocasião, o presidente do CRCAL apresentou o novo coordenador da Comissão de Membros Representantes da Classe Contábil junto à Sefaz/AL, o profissional contábil, conselheiro do CRCAL e presidente da Ascontal, Jordão Vieira, substituindo o conselheiro Lamenha Junior, que solicitou sua saída da coordenação por questões pessoais. Os representantes da Sefaz destacaram a boa atuação do conselheiro Lamenha à frente da comissão e a competência e liderança do novo coordenador, que já é muito atuante junto à Sefaz, por meio da Ascontal.

“Tivemos mais uma reunião muito positiva. A nossa relação com a Sefaz/AL tem sido estreita, é uma parceria fidedigna, justa e vamos seguir assim. No passado, era contador de um lado e Sefaz/AL de outro. Criamos um terreno sólido, de respeito, e nós gestores comungamos destas ideias. Continuamos sendo bons parceiros para seguir construindo em busca de avanços. O pensamento é de construção”, observou o presidente do CRCAL, José Vieira dos Santos.

O Superintendente Especial da Receita Estadual, Francisco Suruagy, falou sobre os desafios enfrentados por causa da pandemia da Covid-19 em relação ao atendimento, a busca por melhorias neste setor, a importância do diálogo com o CRCAL, e, consequentemente, com a classe contábil.

“Tivemos de fechar sete unidades de atendimento na pandemia. A demanda se concentrou toda por e-mail. Foi necessário redirecionar numa velocidade assustadora para que os serviços não parassem. Neste processo, veio a Nise, que a cada semana está passando por mudanças, incorpora novas funções. Todos os serviços do JÁ estão disponíveis pela Nise. Fizemos 974 atendimentos em 10 dias. O que antes, era presencial, agora pode ser resolvido de casa. São quase mil pessoas que deixaram de se deslocar, enfrentar trânsito, passaram a economizar tempo. A maior parte das reclamações dos contribuintes é por falta de conhecimento com a tecnologia. O atendimento faz parte do planejamento estratégico, que está em constante evolução e aperfeiçoamento. A Sefaz está aberta a demandas dos contadores, através desta ponte com o CRC. Vamos continuar nos fortalecendo uns aos outros”, disse.

O Superintendente de Crédito Tributário, Cadastro e Articulação Regional, Leopoldino Mello, também aproveitou a ocasião para falar sobre as mudanças no atendimento. “O nosso objetivo é dar celeridade aos atendimentos, não penalizar os contribuintes, mas é preciso estar com processo e informações preenchidas para dar encaminhamento ágil com a Nise. Nós temos percebido falta de atenção dos contribuintes em relação às solicitações feitas no atendimento virtual”, explicou.

Complementando, a Auditora fiscal da Receita Estadual, Elka Gonçalves, afirmou: “A casa está sempre de portas abertas para o CRCAL e os profissionais contábeis. O bom atendimento quer dizer boa comunicação e quando a gente consegue se comunicar bem, o trabalho flui. A digitalização dos serviços é uma realidade e, com a pandemia, nos fez otimizar o atendimento. O bom funcionamento do atendimento passa pela nossa parceria com o CRCAL, pontuou.

O Líder da Receita Estadual no Projeto Estratégico do Atendimento Virtual Integrado da Sefaz Alagoas, Jaime Roberto, também falou sobre a importância do bom atendimento e da atenção dos contribuintes ao acessarem a Nise. “Registramos 300 pessoas por semana que resolvem redefinição de senha pela Nise, sem necessidade do presencial. É um grande avanço. Para esse atendimento ser eficaz, é preciso atentar para os documentos que são exigidos, anexar para que o atendimento seja ágil como tem que ser”, orientou.